Médico de estômago: Tudo o que você precisa saber

Agende sua consulta

Agende sua consulta, preenchendo o formulário abaixo. Retornaremos o mais breve possível.

Médico de estômago Tudo o que você precisa saber

Não há como negar que a saúde do sistema digestivo é fundamental para a qualidade de vida de uma pessoa. Sendo assim, ir ao médico de estômago é um cuidado que todos deveriam ter.

Afinal de contas, problemas no estômago e intestino podem causar desconforto, dor e interferir na capacidade de absorção de nutrientes.

É por isso que é fundamental procurar um médico especializado em gastroenterologia, conhecido como médico de estômago.

Mas você sabe, com exatidão, qual é o papel do médico de estômago ou mesmo quais condições ele é capaz de tratar? É sobre isso que iremos falar no decorrer deste artigo. Confira!

O que é um médico de estômago?

Em suma, um médico de estômago nada mais é que um especialista em problemas digestivos e que, portanto, é capaz de tratar uma série de condições.

Eles são treinados para diagnosticar e tratar uma ampla variedade de condições digestivas, desde simples desconfortos estomacais até doenças crônicas e potencialmente fatais, como câncer de estômago, por exemplo.

Qual é o nome do médico que cuida do estômago?

Qual é o nome do médico que cuida do estômago
Qual é o nome do médico que cuida do estômago

O médico que cuida do estômago é chamado de gastroenterologista.

Esse especialista tem formação médica em gastroenterologia, que é a área da medicina que se dedica ao diagnóstico e tratamento de doenças relacionadas ao sistema digestivo, que inclui:

  • Estômago;
  • Intestino delgado;
  • Intestino grosso;
  • Fígado;
  • Pâncreas;
  • Vias biliares.

Então, se você tiver sintomas de problemas digestivos, o mais recomendado é consultar um gastroenterologista para receber um diagnóstico preciso e um tratamento adequado.

Quando devo consultar um médico de estômago?

Os pacientes devem considerar consultar um médico de estômago se experimentarem sintomas como:

  • Dor abdominal persistente;
  • Náusea ou vômito recorrente;
  • Diarreia ou constipação frequentes;
  • Refluxo ácido ou azia;
  • Inchaço ou gases frequentes;
  • Perda de apetite ou perda de peso inexplicável.

Todos esses sintomas podem ser indicativos de uma condição digestiva subjacente que requer tratamento.

No entanto, para que se possa ter a certeza da condição do paciente, o paciente precisa realizar alguns exames.

A partir disso, da análise desses exames, torna-se possível determinar a causa dos sintomas e desenvolver um plano de tratamento adequado.

Condições tratadas por um médico de estômago

Os médicos de estômago tratam uma ampla variedade de condições digestivas, até mesmo porque eles possuem um amplo entendimento.

Mas, falando sobre as principais condições que o médico de estômago trata, podemos mencionar as seguintes:

1. Síndrome do Intestino Irritável (SII)

A Síndrome do Intestino Irritável é uma condição crônica que afeta o intestino. Os pacientes com SII podem experimentar cólicas abdominais, diarreia e constipação.

Os médicos de estômago podem recomendar mudanças na dieta e medicamentos para controlar os sintomas.

No entanto, para se obter um tratamento mais preciso e adequado ao seu problema, é necessário fazer alguns exames.

Então, caso esteja experimentando alguns sintomas, a melhor coisa a se fazer com certeza é marcar uma consulta médica.

2. Doença de Crohn

A Doença de Crohn é uma doença inflamatória crônica do intestino. Os pacientes com Doença de Crohn podem experimentar dor abdominal, diarreia e perda de peso.

Os médicos de estômago podem prescrever medicamentos imunossupressores e recomendar mudanças na dieta para controlar a inflamação, mas isso também pode variar de acordo com alguns fatores.

Além disso, deve-se saber que a Doença de Crohn é uma doença inflamatória crônica que pode afetar qualquer parte do trato gastrointestinal, desde a boca até o ânus.

A causa exata da doença ainda não é conhecida, mas se sabe que envolve uma combinação de fatores genéticos, ambientais e imunológicos.

Por fim, devemos mencionar que, em alguns casos graves, pode ser necessário cirurgia para remover partes danificadas do trato gastrointestinal.

3. Refluxo Ácido

Em suma, o refluxo ácido, também conhecido como doença do refluxo gastroesofágico (DRGE), ocorre quando o conteúdo ácido do estômago volta para o esôfago.

O esôfago, por sua vez, é o tubo que conecta a boca ao estômago, e o retorno do ácido pode causar uma sensação de queimação no peito (conhecida como azia), dor de garganta, tosse, rouquidão e regurgitação ácida.

O refluxo ácido geralmente é causado por um defeito na válvula que separa o esôfago do estômago, permitindo que o ácido suba pelo esôfago.

Fatores de risco incluem obesidade, gravidez, tabagismo e certos medicamentos.

Mudanças no estilo de vida, como evitar alimentos gordurosos ou picantes, perder peso, parar de fumar e elevar a cabeceira da cama, por exemplo, podem ajudar a reduzir os sintomas.

Em alguns casos, medicamentos para diminuir a produção de ácido ou para fortalecer a válvula esofágica podem ser necessários.

4. Úlceras

Úlceras são feridas abertas que se formam na pele ou em membranas mucosas, como as que revestem o estômago, o intestino delgado e a boca.

No entanto, elas podem surgir em decorrência de uma variedade de fatores, tais como:

  • Infecções;
  • Lesões;
  • Irritações químicas;
  • Distúrbios imunológicos;
  • Doenças crônicas.

Contudo, as úlceras mais comuns são as úlceras pépticas, que ocorrem no trato gastrointestinal superior.

Elas são frequentemente causadas por uma infecção bacteriana chamada Helicobacter pylori, mas também pode surgir devido ao uso prolongado de anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) ou pelo excesso de ácido no estômago.

Mas, em relação ao tratamento para úlceras, na maior parte das vezes envolve o uso de medicamentos para reduzir a produção de ácido no estômago, tratar a infecção bacteriana, aliviar a dor e promover a cicatrização.

Em casos mais graves, pode ser necessária a cirurgia, para fazer a remoção das áreas que estão danificadas do tecido ou reparar perfurações.

É fundamental procurar tratamento para úlceras o mais cedo possível, haja vista que elas podem gerar complicações mais graves caso não se obtenha o devido tratamento.

5. Câncer de Estômago

O câncer de estômago é uma doença grave que ocorre quando as células anormais se multiplicam no revestimento do estômago.

Os médicos de estômago podem realizar exames para diagnosticar o câncer de estômago e prescrever tratamentos, como cirurgia, radioterapia e quimioterapia, dependendo do estágio e da gravidade da doença.

O que pode ser uma dor na boca do estômago?

A dor na boca do estômago pode ter várias causas, incluindo problemas digestivos, como úlceras, gastrite, refluxo gastroesofágico e síndrome do intestino irritável.

No entanto, ainda pode ser devido a problemas fora do sistema digestivo, como ansiedade, estresse e doenças do coração ou pulmões.

O ideal é que você consulte um médico de estômago se você tiver dor abdominal persistente na boca do estômago, para que seja possível diagnosticar e oferecer um tratamento adequado.

Quais os primeiros sinais de câncer no estômago?

Quais os primeiros sinais de câncer no estômago
Quais os primeiros sinais de câncer no estômago

Os primeiros sinais de câncer no estômago podem ser vagos e inespecíficos, e muitas vezes são confundidos com sintomas de outras doenças gastrointestinais.

Mas, alguns dos sinais mais comuns incluem dor abdominal persistente, perda de peso inexplicável, náuseas e vômitos frequentes, falta de apetite e sensação de plenitude após uma pequena refeição.

Contudo, à medida que o câncer progride, podem ocorrer sintomas adicionais, como sangramento digestivo, anemia, vômito com sangue ou fezes com sangue.

Por isso, fique atento aos sintomas e consulte um médico de estômago se você apresentar sintomas persistentes ou preocupantes para um diagnóstico precoce e um tratamento adequado.

Como um médico de estômago ajuda os pacientes?

Os médicos de estômago são capazes de ajudar os pacientes de várias maneiras. Dentre elas, podemos mencionar os seguintes:

1. Diagnóstico preciso

O gastroenterologista pode realizar uma série de exames para diagnosticar a causa dos sintomas do paciente, como endoscopias, exames de sangue e fezes, além de exames de imagem.

2. Tratamento eficaz

Os médicos de estômago são capazes de desenvolver planos de tratamento individualizados para ajudar os pacientes a gerenciar suas condições digestivas.

Isso pode incluir mudanças na dieta, medicamentos, terapia nutricional e, em alguns casos, cirurgia.

3. Prevenção de complicações

Esses profissionais ainda podem monitorar os pacientes com condições digestivas crônicas para prevenir complicações, como desnutrição, obstruções intestinais e perfurações do trato gastrointestinal.

4. Aconselhamento e apoio

Por fim, os médicos de estômago podem fornecer conselhos e suporte aos pacientes que lidam com condições digestivas crônicas.

Eles podem ajudar os pacientes a gerenciar os sintomas, adaptar-se às mudanças na dieta e lidar com o impacto emocional de suas condições.

Conclusão

Não há como negar que a saúde do sistema digestivo é crucial para uma vida saudável, plena e feliz.

Portanto, quando surgem problemas no estômago ou intestino, é essencial consultar um médico de estômago para diagnóstico e tratamento preciso.

Com seu treinamento especializado, os médicos de estômago podem ajudar os pacientes a gerenciar condições digestivas crônicas e melhorar sua qualidade de vida.

Médico de estômago em Goiânia

Se você está em Goiânia ou tem a possibilidade de vir até aqui, saiba que cuidar da saúde do seu estômago é essencial para manter uma qualidade de vida plena.

Problemas como refluxo ácido, úlceras e doenças mais graves, como o câncer de estômago, requerem a atenção de um especialista em gastroenterologia.

Em Goiânia, você tem a oportunidade de consultar com um dos profissionais mais renomados na área, o Dr. Thiago Miranda Tredicci.

Com vasta experiência e conhecimento, ele está preparado para oferecer diagnósticos precisos e tratamentos eficazes, sempre focando no bem-estar e na saúde dos seus pacientes.

Entender a importância de cuidar do sistema digestivo é o primeiro passo para uma vida mais saudável.

Por isso, não perca tempo com desconfortos ou dores que podem ser sinais de algo mais sério. Agende sua consulta com o Dr. Thiago Miranda Tredicci e dê o cuidado que seu estômago merece.

Para mais informações e agendamentos, entre em contato e descubra como podemos ajudá-lo a alcançar uma saúde digestiva ideal. Cuide de si mesmo e faça a escolha certa para a sua saúde!

Perguntas frequentes sobre médico de estômago

Dentre as dúvidas mais comuns a respeito do médico de estômago, podemos mencionar as seguintes:

Qual é a formação acadêmica de um médico de estômago?

Um médico de estômago é geralmente um gastroenterologista que concluiu seis anos de faculdade de medicina, dois anos de residência em medicina interna.

Como posso encontrar um médico de estômago perto de mim?

Você pode procurar um médico de estômago em sites de busca médica ou por meio de referências de outros profissionais de saúde.

Quais são algumas mudanças na dieta que um médico de estômago pode recomendar?

Um médico de estômago pode recomendar mudanças na dieta, como redução de alimentos gordurosos, evitar alimentos que causam gases, comer refeições menores com mais frequência e evitar alimentos que irritam o estômago.

Como posso prevenir problemas digestivos?

Para prevenir problemas digestivos, procure manter uma dieta saudável e equilibrada, praticar exercícios físicos regularmente, evitar fumar e consumir álcool em excesso, beber bastante água e manter um peso saudável.

Quais são os sinais de alerta de problemas digestivos que requerem uma visita ao médico de estômago?

Alguns sinais de alerta de problemas digestivos incluem dor abdominal persistente, náuseas e vômitos, sangramento retal, mudanças persistentes nos hábitos intestinais e perda de peso não intencional. 
Se você apresentar esses sintomas, consulte um médico de estômago para avaliação e tratamento adequados.

Siga-Me :
Compartilhe :
Dr. Thiago Tredicci
Dr. Thiago Tredicci

Dr. Thiago Tredicci, Gastroenterologista e Cirurgião do Aparelho Digestivo. Experiente em cirurgia geral. CRM GO 12828, RQE 8168 e 8626.