Verrugas no estômago: Causas, Sintomas e Tratamentos

Agende sua consulta

Agende sua consulta, preenchendo o formulário abaixo. Retornaremos o mais breve possível.

Verrugas no estômago Causas, Sintomas e Tratamentos

Você já ouviu falar a respeito das verrugas no estômago? A verdade é que essa é uma questão que a grande parte das pessoas ainda não compreende da maneira correta.

As verrugas nada mais são que protuberâncias cutâneas causadas pelo vírus do papiloma humano, famoso HPV.

Enquanto muitas pessoas associam as verrugas ao rosto, mãos ou pés, a menção de “verrugas no estômago” pode gerar confusão.

Deve-se esclarecer que, quando se fala em verrugas no estômago, pode ser uma referência à área do abdômen, e não ao órgão estômago em si. Para problemas internos do estômago, é essencial consultar um gastroenterologista.

Embora geralmente sejam benignas, as verrugas na área abdominal podem ser desconfortáveis e causar preocupação.

Então, se você quer entender um pouco mais sobre as verrugas nessa região do corpo, é só continuar neste artigo que iremos falar um pouco mais sobre esse assunto. Sem mais delongas, vamos ao que importa!

O que são verrugas no estômago?

Em suma, as verrugas no estômago são protuberâncias cutâneas que se desenvolvem na área do estômago.

A sua causa mais comum é pelo vírus do papiloma humano (HPV). No entanto, as verrugas podem variar em tamanho e aparência.

Mas, na grande maioria das vezes, as verrugas aparecem em áreas que são mais suscetíveis a lesões, como a parte superior do abdômen ou na região do umbigo.

Quais são as causas das verrugas no estômago?

Quais são as causas das verrugas no estômago
Quais são as causas das verrugas no estômago

Como já mencionado, as verrugas no estômago são causadas pelo vírus do papiloma humano (HPV).

No entanto, a grande questão nisso tudo é que existem mais de 100 tipos de HPV, sendo que alguns deles são mais propensos a causar verrugas do que outros.

O vírus é transmitido através do contato com a pele infectada. Uma vez que o vírus entra no corpo, pode levar semanas ou meses antes que as verrugas apareçam.

Agora, dentre os fatores que aumentam o risco de desenvolver verrugas no estômago, estão o fato de ter um sistema imunológico enfraquecido, ter pele úmida ou danificada e ter contato com pessoas que já estão infectadas com o HPV.

O que pode causar pólipos no estômago?

De forma resumida, os pólipos gástricos são crescimentos anormais que se desenvolvem na parede interna do estômago.

Embora a causa exata não seja conhecida, existem vários fatores que podem aumentar o risco de desenvolver pólipos estomacais. Dentre eles, podemos citar:

  1. Idade avançada: pessoas com mais de 50 anos têm um risco maior de desenvolver pólipos no estômago.
  2. Infecção pelo H. pylori: essa bactéria é uma causa comum de úlceras estomacais e gastrite crônica, o que pode aumentar as chances de o indivíduo ter esse problema.
  3. Dieta: uma dieta rica em alimentos defumados, salgados e conservados pode aumentar as possibilidades desse problema.
  4. Tabagismo: o uso de tabaco aumenta o risco de várias condições de saúde, incluindo pólipos estomacais.
  5. História familiar: se membros da família tiverem histórico de pólipos estomacais, há um risco aumentado de desenvolver a condição.

Devemos mencionar ainda que a maioria dos pólipos gástricos não causam sintomas e, na grande maioria das vezes, são descobertos durante exames médicos de rotina.

No entanto, em casos raros, os pólipos podem causar sintomas como dor abdominal, náusea ou vômito. Se você apresentar sintomas ou tiver fatores de risco, consulte um médico para avaliação.

Como é feita a retirada de pólipo no estômago?

Na grande maioria das vezes, a remoção dos pólipos no estômago deve ser feita por meio de uma endoscopia digestiva alta.

Durante o procedimento, o médico insere um endoscópio flexível através da boca até o estômago, permitindo a visualização dos pólipos.

Os pólipos geralmente são removidos durante o procedimento de EDA usando um laço de fio fino ou uma alça de polipectomia.

Para tal, o médico deve posicionar o laço ou a alça ao redor do pólipo e o corta com uma corrente elétrica.

O tecido do pólipo é então removido e enviado para análise laboratorial para determinar se é canceroso ou pré-cancerígeno.

Em alguns casos, os pólipos grandes ou complexos podem exigir uma cirurgia abdominal para remoção.

No entanto, a maioria dos pólipos estomacais pode ser removida de forma segura e eficaz através de uma endoscopia digestiva alta.

Após a remoção do pólipo, na maior parte das vezes, o paciente pode retornar às atividades normais no mesmo dia.

É fundamental seguir as orientações do médico em relação à dieta e aos medicamentos após o procedimento, a fim de garantir uma recuperação adequada.

Quais são os sintomas das verrugas no estômago?

Na verdade, as verrugas no estômago podem variar em aparência e tamanho. Mas, na grande maioria das vezes, elas são um pouco mais elevadas e ásperas.

Além disso, elas costumam possuir uma superfície mais lisa ou até mesmo irregular.

Mas, algumas verrugas podem parecer com pequenos pontos pretos, que são vasos sanguíneos que crescem dentro delas.

As verrugas podem causar desconforto ou dor quando pressionadas ou friccionadas. Elas também podem sangrar se forem riscadas ou arranhadas.

Quais são os tratamentos para verrugas no estômago?

Existem vários tratamentos disponíveis para verrugas no estômago, mas a escolha do tratamento dependerá do tamanho e da aparência da verruga, bem como da preferência do paciente.

Contudo, dentre as principais formas de tratamento para verrugas no estômago, podemos mencionar as seguintes:

1. Tratamentos tópicos

Os tratamentos tópicos incluem a aplicação de ácidos, como o ácido salicílico, diretamente na verruga, o que costuma ser bem eficiente.

Afinal de contas, isso pode ajudar a queimar as camadas superiores da verruga, permitindo que ela desapareça de forma gradual.

Outros tratamentos tópicos incluem o uso de pomadas com prescrição médica, que podem ajudar a eliminar as verrugas.

2. Crioterapia

A crioterapia envolve o congelamento da verruga com nitrogênio líquido, sendo que esse já é um tratamento bastante conhecido.

Trata-se de um tratamento bem eficiente, também, haja vista que isso pode ajudar a matar as células infectadas pelo HPV, permitindo que a verruga desapareça.

3. Cirurgia

Em casos graves, a cirurgia pode ser necessária para remover a verruga. Isso envolve a remoção cirúrgica da verruga usando anestesia local.

A cirurgia pode ser mais invasiva do que outros tratamentos, mas pode ser necessária se a verruga for grande ou se outras opções de tratamento não forem eficazes.

4. Terapia a laser

Por fim, uma outra forma de tratar verrugas no estômago é por meio da terapia a laser, a qual se trata de uma técnica bem atual.

Nesse caso, deve-se aplicar um laser direto na verruga, algo capaz de contribuir para a destruição das células infectadas pelo HPV, permitindo que a verruga desapareça.

Prevenção de verrugas no estômago

A prevenção de verrugas no estômago envolve evitar o contato com o vírus do papiloma humano.

Mas, para fazer isso, acaba sendo necessário tomar algumas medidas para reduzir as chances de risco ao vírus. Dentre algumas formas de fazer isso, mencionamos:

  • Evitando contato com pessoas infectadas com HPV;
  • Usando preservativos durante as relações para reduzir o risco de transmissão do HPV;
  • Evitando o compartilhamento de roupas íntimas ou toalhas com outras pessoas;
  • Mantendo a pele seca e limpa para reduzir o risco de lesões.

Tratamento para verrugas no estômago em Goiânia

Se você está enfrentando desconfortos causados por verrugas no estômago e está em Goiânia ou tem a possibilidade de vir até a cidade, uma excelente opção é considerar uma consulta com um especialista renomado na área.

Nesse contexto, o Dr. Thiago Miranda Tredicci destaca-se por sua experiência e abordagem cuidadosa no tratamento de condições como esta.

As verrugas no estômago, apesar de muitas vezes benignas, podem causar desconforto significativo e preocupações estéticas.

Felizmente, existem diversas opções de tratamento, incluindo tratamentos tópicos, crioterapia, cirurgia e terapia a laser, todos disponíveis sob a orientação de um especialista qualificado como o Dr. Tredicci.

Agende sua consulta com o Dr. Thiago Miranda Tredicci para uma avaliação detalhada e um plano de tratamento personalizado.

Essa é uma oportunidade única de receber cuidados de saúde de qualidade e retomar seu conforto e bem-estar.

Entre em contato agora mesmo e dê o primeiro passo para a resolução desse incômodo. Não deixe que as verrugas no estômago afetem sua qualidade de vida quando há soluções eficazes ao seu alcance.

Conclusão

Como você pôde notar, as verrugas no estômago são protuberâncias cutâneas causadas pelo vírus do papiloma humano (HPV).

Embora na grande maioria das vezes elas sejam benignas, fato é que podem ser desconfortáveis e causar preocupação.

Existem vários tratamentos disponíveis para verrugas no estômago, incluindo tratamentos tópicos, crioterapia, cirurgia e terapia a laser.

A escolha do tratamento dependerá do tamanho e da aparência da verruga, bem como da preferência do paciente.

Mas, caso você tenha qualquer tipo de sintoma relacionado às verrugas no estômago, a melhor coisa a se fazer é procurar pelo seu médico.

FAQs sobre verrugas no estômago

Dentre as principais dúvidas sobre verrugas no estômago, podemos mencionar as seguintes:

As verrugas no estômago são contagiosas?

Sim, as verrugas no estômago são contagiosas e são causadas pelo vírus do papiloma humano (HPV). O vírus é transmitido através do contato com a pele infectada.

As verrugas no estômago podem causar câncer?

A maioria das verrugas no estômago é benigna e não leva ao câncer. No entanto, algumas verrugas causadas por certos tipos de HPV podem aumentar o risco de câncer. Procure um médico caso apresente sintomas.

Quanto tempo leva para que as verrugas no estômago desapareçam?

O tempo necessário para que as verrugas no estômago desapareçam pode variar de algumas semanas a vários meses, dependendo do tamanho e da aparência da verruga e do tratamento escolhido.

É possível prevenir verrugas no estômago?

Sim, é possível prevenir verrugas no estômago através de medidas preventivas, como evitar contato com pessoas infectadas com HPV, usar preservativos durante as relações sexuais e manter a pele limpa e seca.

Siga-Me :
Compartilhe :
Dr. Thiago Tredicci
Dr. Thiago Tredicci

Dr. Thiago Tredicci, Gastroenterologista e Cirurgião do Aparelho Digestivo. Experiente em cirurgia geral. CRM GO 12828, RQE 8168 e 8626.