Queimação no estômago frequente? Veja as principais causas!

Agende sua consulta

Agende sua consulta, preenchendo o formulário abaixo. Retornaremos o mais breve possível.

Queimação no estômago frequente

Você costuma sentir queimação no estômago frequente? Esse é um problema bastante incômodo e, no artigo de hoje, falaremos com mais detalhes a esse respeito.

A queimação no estômago frequente é uma condição que pode surgir em decorrência de vários fatores, incluindo hábitos alimentares, estilo de vida, estresse e doenças como gastrite ou refluxo gastroesofágico.

Em muitos casos, um gastroenterologista pode ser a pessoa certa para ajudar a identificar a causa e orientar sobre os melhores tratamentos.

Mas, se você quer entender um pouco melhor sobre esse assunto, é só continuar neste artigo que iremos falar a respeito dos principais detalhes desse tema. Confira!

O que é queimação no estômago?

Em suma, a queimação no estômago é uma sensação de ardor ou desconforto que ocorre na região do abdômen superior.

Mas, na grande maioria das vezes, a queimação no estômago é um sintoma de azia, que ocorre quando o ácido do estômago volta para o esôfago.

A azia, por sua vez, é uma condição muito comum, e muitas pessoas experimentam essa sensação de vez em quando.

No entanto, quando a queimação no estômago é frequente, pode ser um sinal de um problema de saúde subjacente.

Quando a queimação no estômago é preocupante?

Quando a queimação no estômago é preocupante
Quando a queimação no estômago é preocupante

A queimação no estômago pode ser um sintoma de várias condições subjacentes, algumas das quais podem ser graves.

Então, aos que querem saber quando a queimação no estômago frequente é preocupante, devem ficar atentos aos seguintes sintomas:

  • Dor intensa no peito, especialmente se estiver associada a sudorese, falta de ar ou dor no braço esquerdo;
  • Sangramento no vômito ou nas fezes;
  • Perda de peso não intencional;
  • Dificuldade para engolir;
  • Vômitos persistentes;
  • Anemia;
  • Icterícia.

Portanto, se você experimentar algum desses sintomas juntamente com queimação no estômago frequente, é fundamental procurar atendimento médico de forma imediata.

Afinal de contas, o diagnóstico precoce e o tratamento adequado são essenciais para prevenir complicações graves.

Quais são as causas da queimação no estômago frequente?

Existem várias causas para a queimação no estômago frequente, mas, dentre todas elas, podemos mencionar as seguintes:

1. Refluxo Gastroesofágico (DRGE)

O refluxo gastroesofágico (DRGE) ocorre quando o ácido do estômago retorna para o esôfago, causando sintomas como azia, queimação e regurgitação.

A DRGE pode ser causada por um esfíncter esofágico inferior fraco, que permite que o ácido do estômago volte para o esôfago.

2. Úlcera péptica

A úlcera péptica é uma ferida na camada interna do estômago ou do duodeno. Essa ferida pode ser causada por uma infecção pela bactéria Helicobacter pylori ou pelo uso prolongado de medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs).

3. Hérnia de hiato

A hérnia de hiato ocorre quando uma parte do estômago empurra para cima através do diafragma em direção ao tórax.

Por consequência, isso pode resultar em sintomas como azia e queimação no estômago, por exemplo.

4. Estilo de vida

Por fim, hábitos alimentares e estilo de vida também podem contribuir para a queimação no estômago frequente.

Alguns dos fatores incluem o consumo de alimentos gordurosos, álcool, café e refrigerantes, tabagismo e estresse.

Quais são os sintomas da queimação no estômago frequente?

Na verdade, os sintomas de queimação no estômago frequente são bem diversos, mas dentre os principais, podemos mencionar os seguintes:

Quais são os tratamentos para queimação no estômago frequente?

Existem vários tratamentos para a queimação no estômago frequente, dependendo da causa subjacente.

Mas, em relação às principais formas de tratamento, citamos as seguintes:

1. Medicamentos

Os medicamentos para a queimação no estômago incluem antiácidos, inibidores da bomba de prótons (IBP), bloqueadores H2 e pró-cinéticos.

Os antiácidos neutralizam o ácido do estômago, enquanto os IBPs reduzem a produção de ácido.

Além disso, os bloqueadores H2 também reduzem a produção de ácido, e os pró-cinéticos ajudam a esvaziar o estômago mais rapidamente.

2. Mudanças no estilo de vida

Fazer mudanças no estilo de vida pode ajudar a aliviar a queimação no estômago frequente.

Algumas das mudanças incluem evitar alimentos gordurosos, álcool, café e refrigerantes, parar de fumar, reduzir o estresse e perder peso, se necessário.

3. Tratamentos médicos

Em casos mais graves de queimação no estômago frequente, pode ser necessário tratamento médico.

Por exemplo, uma úlcera péptica pode exigir antibióticos para tratar uma infecção pela bactéria H. pylori, ou cirurgia para corrigir uma hérnia de hiato.

É normal sentir queimação no estômago todos os dias?

É normal sentir queimação no estômago todos os dias
É normal sentir queimação no estômago todos os dias

Não é normal sentir queimação no estômago todos os dias. A queimação no estômago frequente pode ser um sintoma de condições subjacentes como DRGE, úlceras pépticas ou gastrite.

É fundamental consultar um médico se você estiver sentindo queimação no estômago com frequência para obter um diagnóstico adequado e receber o tratamento apropriado.

Além disso, adotar medidas preventivas como comer refeições menores e mais frequentes, evitar alimentos gordurosos, picantes ou ácidos e gerenciar o estresse podem ajudar a prevenir a queimação no estômago.

Prevenção da queimação no estômago frequente

Algumas medidas preventivas podem ajudar a prevenir a queimação no estômago frequente, tais como:

  • Comer refeições menores e mais frequentes;
  • Evitar se deitar logo após as refeições;
  • Elevar a cabeceira da cama durante a noite;
  • Evitar alimentos gordurosos, picantes ou ácidos;
  • Reduzir o consumo de álcool, café e refrigerantes;
  • Parar de fumar;
  • Gerenciar o estresse.

Tratamento para queimação no estômago frequente

Se você está em Goiânia ou tem a possibilidade de vir até a cidade, saiba que há opções eficientes para o tratamento de queimação no estômago frequente.

Essa condição, que pode ser causada por diversos fatores como Refluxo Gastroesofágico (DRGE), Úlcera Péptica, Hérnia de Hiato, ou mesmo hábitos alimentares inadequados, requer atenção e cuidado especializado.

Os tratamentos variam desde ajustes no estilo de vida e alimentação até intervenções médicas mais específicas, dependendo da causa subjacente.

Mudanças dietéticas, evitar alimentos gordurosos, ácidos ou picantes, e reduzir o estresse podem ser algumas das medidas iniciais.

Entretanto, é crucial ter um acompanhamento médico para um diagnóstico preciso e um tratamento eficaz.

Em Goiânia, você tem a oportunidade de agendar sua consulta com o Dr. Thiago Miranda Tredicci, um especialista reconhecido nessa área.

Com a experiência e o conhecimento do Dr. Thiago, você pode obter uma avaliação detalhada da sua condição e um plano de tratamento personalizado.

Não deixe que a queimação no estômago afete sua qualidade de vida. Entre em contato e marque sua consulta.

O cuidado especializado é o primeiro passo para o alívio dos sintomas e uma vida mais saudável e confortável.

Conclusão

A queimação no estômago frequente pode ser um sintoma de várias condições de saúde, incluindo DRGE, úlcera péptica, hérnia de hiato e hábitos alimentares e estilo de vida.

O mais adequado é buscar tratamento se a queimação no estômago frequente estiver interferindo na qualidade de vida.

Além disso, fazer mudanças no estilo de vida e seguir as medidas preventivas pode ajudar a aliviar os sintomas e prevenir futuros episódios.

Perguntas Frequentes sobre queimação no estômago frequente (FAQs)

Dentre as principais perguntas sobre queimação no estômago frequente, podemos mencionar as seguintes:

A queimação no estômago frequente é perigosa?

A queimação no estômago frequente pode ser um sintoma de uma condição subjacente mais grave, por isso é essencial procurar um médico se os sintomas persistirem.

O que causa a queimação no estômago?

A queimação no estômago pode ser causada por DRGE, úlcera péptica, hérnia de hiato e hábitos alimentares e estilo de vida.

Quais são os sintomas da queimação no estômago?

Os sintomas da queimação no estômago incluem azia, sensação de queimação no estômago, dor abdominal, náusea, vômito, arrotos e inchaço.

Como a queimação no estômago é tratada?

O tratamento para a queimação no estômago depende da causa subjacente. Os tratamentos incluem medicamentos, mudanças no estilo de vida e tratamentos médicos.

É seguro tomar antiácidos regularmente?

Tomar antiácidos regularmente pode causar efeitos colaterais, por isso, o mais adequado é falar com um médico antes de tomar regularmente.
Além disso, os antiácidos não tratam a causa subjacente da queimação no estômago, apenas aliviam os sintomas temporariamente.

Como sei se minha queimação no estômago é causada por DRGE?

Apenas com uma consulta médica é possível obter a resposta. O médico pode realizar exames para determinar a causa subjacente da queimação no estômago e fornecer o tratamento apropriado.

Quais alimentos devem ser evitados para prevenir a queimação no estômago?

Alimentos gordurosos, picantes ou ácidos, álcool, café e refrigerantes devem ser evitados para prevenir a queimação no estômago. Fale com um médico ou nutricionista para obter orientação sobre uma dieta saudável e equilibrada para prevenir a queimação no estômago.

Siga-Me :
Compartilhe :
Dr. Thiago Tredicci
Dr. Thiago Tredicci

Dr. Thiago Tredicci, Gastroenterologista e Cirurgião do Aparelho Digestivo. Experiente em cirurgia geral. CRM GO 12828, RQE 8168 e 8626.