Se você vai passar por uma cirurgia de câncer no intestino, é normal que se sinta um pouco receoso. Afinal de contas, essa é uma questão um pouco delicada.

No entanto, a verdade é que há uma série de coisas que você precisa saber sobre a cirurgia de câncer no intestino, até mesmo para se sentir mais confiante e com menos medo.

A cirurgia de câncer no intestino é o principal tratamento para esse problema, haja vista que ele corresponde a uma forma eficaz e rápida de remover a grande parte das células tumorais.

Mas, antes de realizar a cirurgia, é importante consultar um gastroenterologista. Esse especialista pode fornecer uma avaliação aprofundada, haja vista que cada paciente detém um quadro único.

Então, se você quer saber mais sobre a cirurgia de câncer no intestino, é só continuar nesse artigo que iremos falar sobre todos os detalhes.

O que é câncer no intestino?

O que é câncer no intestino

O câncer de intestino é um problema que vem acometendo muitos brasileiros, no entanto, essa é uma condição que pode afetar diferentes órgãos do intestino.

O intestino nada mais é que um órgão que se estende desde o final do estômago até o ânus, tendo cerca de 7 a 9 metros de comprimento.

Isso quer dizer que o câncer no intestino pode ser bem vasto, haja vista que ele pode afetar apenas um órgão específico, por exemplo.

Sendo assim, acaba que o tipo de cirurgia está diretamente ligado às partes do intestino que foram afetadas por esse problema. Então, para saber qual é o melhor tratamento para o câncer, deve-se avaliar:

  • Localização;
  • Tipo de câncer;
  • Tamanho;
  • Infiltração para outros órgãos.

A depender dessas questões, pode ser necessário remover apenas um pequeno pedaço da parede do intestino ou fazer a remoção de uma porção inteira.

Como é feita a cirurgia de câncer de intestino?

A cirurgia para o câncer de cólon é feita através de uma série de técnicas, a depender dos fatores que já citamos acima.

Mesmo porque é preciso aplicar um procedimento que esteja de acordo com a porção do intestino grosso que foi afetada.

Ademais, é feito a realização de exames para saber se o câncer se infiltrou para outros órgãos ou estruturas.

Então, após fazer essas análises, alguns dos tratamentos para o câncer de cólon e reto, além de outros que podem atingir o intestino, são:

  • Polipectomia;
  • Excisão local;
  • Ressecção transanal local;
  • Microcirurgia endoscópica transanal;
  • Ressecção abdominoperineal;
  • Exenteração pélvica;
  • Ressecção anterior baixa;
  • Protostomia com anastomose coloanal;
  • Colectomia parcial.

Uma coisa que você precisa saber é que, independente de qual tipo de cirurgia de câncer no intestino o seu caso requer, a técnica deve ser feita em ambiente hospitalar.

Além disso, os pacientes podem receber anestesia local ou geral, a depender das condições clínicas do paciente e qual tipo de intervenção será feita.

Em alguns casos, pode ser necessário fazer incisões no abdômen, a fim de ter acesso ao local que será operado.

No entanto, há técnicas que devem ser feitas por via anal, como pode ser o caso dos tumores do reto, haja vista que o reto é a porção final do intestino grosso, que conecta o cólon ao ânus.

1. Cirurgia de câncer no intestino pouco desenvolvido

No caso de o câncer ainda ser pouco desenvolvido, as chances de cura são maiores. Nesse caso, na grande maioria das vezes o médico indica uma cirurgia mais simples.

Isso ocorre com maior frequência nos casos de pequenos pólipos malignos, haja vista que na maior parte das vezes atinge apenas uma pequena porção do intestino.

Para essa cirurgia, o médico se utiliza de um pequeno tubo, bem parecido com o de exame de colonoscopia.

No entanto, ele tem um instrumento que é capaz de remover pedaços da parede do intestino em sua extremidade.

Nesse caso, é realizada a remoção das células cancerígenas e algumas saudáveis, ao redor do local afetado.

Ao fazer a remoção, é preciso enviá-las para um laboratório, a fim de analisá-las. Depois da análise, o médico avalia qual é o grau de alteração das células malignas, analisando a necessidade de fazer outra cirurgia para remover mais tecido.

Por se tratar de algo um pouco mais simples, o tratamento requer apenas uma leve sedação. Sendo assim, após a cirurgia, é possível voltar para casa no mesmo dia, sem a necessidade de internação.

2. Cirurgia de câncer no intestino desenvolvido

Se o problema estiver mais avançado, procure um médico gastroenterologista, pois pode ser indicado outro tipo de cirurgia, uma que seja mais extensa.

Se esse for o caso, a intervenção deve ser feita no hospital, sob anestesia geral. Fora isso, também será necessário a internação por alguns dias, a fim de garantir que não haja complicação.

A depender do caso, o paciente pode ter que passar por algumas sessões de radioterapia ou quimioterapia, para diminuir o tamanho do tumor.

Dessa forma, não será preciso remover grandes partes do intestino. Além disso, a depender da extensão e da gravidade, pode-se realizar dois tipos de cirurgia:

Cirurgia aberta: faz-se um corte na barriga para remover uma porção do intestino;

Cirurgia por laparoscopia: faz-se pequenos furos na região abdominal, onde se insere um dispositivo médico, o qual é responsável por remover uma parte do intestino.

Ao remover a porção, o cirurgião deve ligar as duas partes do intestino, o que vai restabelecer o funcionamento do órgão.

Contudo, há casos em que se faz necessário remover uma parte muito grande do intestino.

Nessas situações, o médico pode ligar o intestino direto à pele, a fim de permitir com que o intestino se recupere antes de fazer a ligação de ambas as partes.

Cirurgia de Câncer no Intestino em Goiânia

Se você está em Goiânia ou tem a possibilidade de vir até aqui, é essencial considerar uma avaliação especializada para enfrentar o câncer no intestino.

Esse tipo de cirurgia é um tratamento crucial para esta condição, e sua eficácia depende amplamente da habilidade e experiência do cirurgião.

O Dr. Thiago Miranda Tredicci é um nome respeitado em Goiânia, conhecido por sua expertise e cuidado no tratamento de câncer no intestino.

Com uma abordagem personalizada, ele leva em conta a localização, o tipo e o tamanho do câncer, além da infiltração em outros órgãos, para determinar o procedimento mais adequado para cada paciente.

Agende sua consulta com o Dr. Thiago Miranda Tredicci para garantir um tratamento eficaz e personalizado.

Seja para uma cirurgia menos invasiva em casos de câncer pouco desenvolvido ou para procedimentos mais complexos em estágios avançados, o cuidado e a atenção do Dr. Tredicci são fundamentais para um resultado positivo.

Não deixe de entrar em contato e agendar sua consulta, especialmente se você está em Goiânia ou pode vir até aqui.

Essa é uma oportunidade para receber um tratamento de alta qualidade e cuidado especializado, essenciais para enfrentar o câncer no intestino com confiança e segurança.

Tags relacionadas: #riscos da cirurgia de câncer no intestino #câncer de intestino fotos #valor de cirurgia para retirada de tumor no intestino #tumor de 5cm no intestino #quanto tempo leva a recuperação de cirurgia de intestino?

Dr. Thiago Tredicci, Gastroenterologista e Cirurgião do Aparelho Digestivo. Experiente em cirurgia geral. CRM GO 12828, RQE 8168 e 8626.